Caso K-Lite é destaque na Gazeta do Povo

Reportagem traz a versão do empresário Luciano Cadari, que criou o software, mostrando que a ação fere a livre iniciativa e o direito à comunicação e à informação

19/01/2013
4419 Acessos
Imprimir
Caso K-Lite é destaque na Gazeta do PovoJornal Gazeta do Povo
O caso K-Lite foi destaque no domingo, no Caderno G do jornal Gazeta do Povo. A reportagem do jornalista Sandro Mozer mostra dois processos inéditos que correm no país, movidos pela Associação Protetora dos Direitos Intelectuais Fonográficos (APDIF), contra a empresa Cadari T.I.

Criado em 2003, pelo empresário Luciano Cadari, o software K-Lite foi desenvolvido exclusivamente para o compartilhamento de informações, através de uma ferramenta de troca de arquivos por meio de uma rede P2P. Por sua repercussão, em 2007, o software chegou a ter 30 milhões de usuários.

A reportagem mostra a versão do advogado de Cadari, Alexandre Pesserl, que diz que a ação fere interesses sociais, como a “livre iniciativa, o direito à comunicação e à informação”. A matéria ainda abre espaço para o empresário, que acha a discussão absurda, já que não praticou nenhum compartilhamento.

Os processos correm no Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ), que devem decidir ainda no início deste ano, o caso sobre o uso de tecnologias na internet e compartilhamento de arquivos digitais.

Veja mais a matéria completa:
http://www.gazetadopovo.com.br/cadernog/conteudo.phtml?tl=1&id=1337354&tit=Davi-contra-Golias