Compartilhamento de arquivos por Bluetooth

Compartilhe fotos ou outros arquivos com seus amigos que tenham um smartphone, laptop ou tablet, e utilize a tecnologia Bluetooth para realizar essa troca

21/01/2013
2814 Acessos
Imprimir
Compartilhamento de arquivos por Bluetooth
O Bluetooth é uma tecnologia que permite uma comunicação simples, rápida, segura e barata entre computadores, smartphones, telefones celulares, mouses, teclados, fones de ouvido, impressoras e outros dispositivos, utilizando ondas de rádio ao invés de cabos. Assim, é possível fazer com que dois ou mais dispositivos comecem a trocar informações com uma simples aproximação entre eles.

Bluetooth é um padrão global de comunicação sem fio e de baixo consumo de energia que permite a transmissão de dados entre dispositivos compatíveis com a tecnologia. Para isso, é necessário uma combinação de hardware e software que essa comunicação ocorra entre os mais diferentes tipos de aparelhos. A transmissão é feita através de radiofrequência, permitindo que um dispositivo detecte o outro independente de suas posições, desde que estejam dentro do limite de proximidade.

Para que seja possível atender aos mais variados tipos de dispositivos, o alcance máximo do Bluetooth foi dividido em três classes:

Classe 1: potência máxima de 100 mW, alcance de até 100 metros;
Classe 2: potência máxima de 2,5 mW, alcance de até 10 metros;
Classe 3: potência máxima de 1 mW, alcance de até 1 metro.

Isso significa que um aparelho com Bluetooth classe 3 só conseguirá se comunicar com outro se a distância entre ambos for inferior a 1 metro, por exemplo. Nessa pequena distancia é possível conectar um fone de ouvido a um telefone celular pendurado na cintura de uma pessoa. Dispositivos de classes diferentes podem se comunicar sem qualquer problema, basta respeitar o limite daquele que possui um alcance menor.

A velocidade de transmissão de dados no Bluetooth é baixa: até a versão 1.2, a taxa pode alcançar, no máximo, 1 Mb/s. Na versão 2.0, esse valor passou para até 3 Mb/s. Embora essas taxas sejam curtas, são suficientes para uma conexão satisfatória entre a maioria dos dispositivos. A busca por velocidades maiores é constante, por isso com a chegada da versão 3.0, foi capaz de atingir taxas de até 24 Mb/s.

Fonte: Infowester