Como funcionam os clientes P2P

Saiba como funciona o software pioneiro em compartilhamento de arquivos

22/01/2013
3043 Acessos
Imprimir
Como funcionam os clientes P2P
P2P (ou Peer-to-Peer) ou traduzindo “entre pares”, trata-se de uma tecnologia baseada em vários protocolos de rede, que possibilita aos usuários dessa tecnologia compartilharem qualquer tipo de informação entre si.

Ela funciona através da interatividade entre os usuários do mundo todo, possuindo uma arquitetura de sistemas distribuídos, caracterizada pela descentralização das funções na rede, onde cada nó realiza tanto funções de servidor quanto de cliente. Hoje o mais utilizado é o Torrent, que funciona em um protocolo próprio.

Esses protocolos não funcionam da mesma maneira. Cada um tem suas peculiaridades, que fazem com que uns sejam mais eficientes que outros.

O Torrent, por exemplo, utiliza o Bit Torrent, que faz uma ligação entre os usuários e um ponto inicial, que passa as informações para os outros usuários.

Já em outras redes, a exemplo da OpenFT, não é necessário que os dados estejam presentes em um servidor. A troca de arquivos é feita através de uma ligação de usuário para usuário, sem um ponto inicial, utilizando a interface do K-Lite, por exemplo.

Outro exemplo é o Gnutella. Possui uma estrutura altamente descentralizada não havendo mesmo nenhum servidor central sequer. Os usuários constituem a estrutura da própria rede. Entre os programas que a utilizam, estão o K-Lite, BearShare, LimeWire, Azureus, Shareaza.

O K-lite apenas utiliza as redes OpenFT, Ares e Gnutella que são redes onde a interação é apenas do usuários, o K-Lite apenas tinha a função de mostrar para o usuário as redes de uma forma pratica e agradável a todos.

Um dos objetivos dos sistemas P2P é permitir o compartilhamento de dados e recursos em grande quantidade, eliminando qualquer intermediário como servidores gerenciados separadamente e a sua infraestrutura associada.